WhatsApp chat
Apostilamento para cidadania Italiana

Apostilamento para cidadania Italiana

O processo que envolve a aquisição da dupla cidadania ou cidadania italiana começa com o estudo da genealogia. Depois de determinar se você realmente tem o direito de obter a cidadania no país, é necessário estudar e determinar os procedimentos necessários para entrar no procedimento.

Apostilamento para cidadania Italiana

Apostilamento para cidadania Italiana

No Brasil, desde 2016, podemos contar com a Convenção de Haia. Essa é uma maneira de reduzir a burocracia que legaliza os documentos enviados durante a solicitação. A convenção é apenas um acordo assinado entre diferentes países. Estabelece o reconhecimento mútuo da apresentação de documentos de países estrangeiros de origem, ou seja, não é necessário que o consulado o legalize. Atualmente, 112 países aderiram à Convenção.

Antes de entrar em vigor, o processo que envolve a obtenção dos documentos a serem submetidos inclui a verificação e a apresentação dos documentos e a sua apresentação ao consulado geral do país em questão. A agência é responsável pela legalização, que leva tempo e geralmente é o dobro do valor gasto.

Após a entrada em vigor da Convenção, foi instaurado um procedimento denominado reconhecimento de documentos, que envolvia um processo de confirmação de assinatura, no qual a autenticidade dos documentos apresentados pelo requerente era verificada.

Registro Brasileiro

O Registro Brasileiro é responsável pela execução do processo de distribuição de documentos, e o notário é um profissional responsável por fornecer autenticidade, o que é mais rápido e mais simples do que o que aconteceu antes da Apostille entrar em vigor no Brasil.

Para provar que os documentos fornecidos são verdadeiros, os países que fazem parte do contrato usam carimbos ou selos para legalizar os documentos. No entanto, no Brasil, outra medida foi tomada para impedir a falsificação do processo e uma etiqueta feita de papel-moeda.

O Comitê Judiciário Nacional (CNJ) é o órgão responsável por coordenar e verificar se os procedimentos realizados durante a prisão são executados corretamente. Para isso, a agência criou um sistema chamado SEI Apostila, que pode ser encontrado no site do CNJ. Com ele, você pode verificar a precisão das notas da aula usando o número de registro e o código QR aplicado a cada documento.

Após realizar o procedimento de disfarce de documentos, os interessados ​​em obter a cidadania italiana devem procurar os documentos fornecidos. Depois disso, é hora de iniciar as traduções juramentadas em italiano.Com a Apostille, os candidatos deverão apresentar a tradução de documentos por tradutores e intérpretes comerciais de forma obrigatória, a que chamamos de “traduções juramentadas”.

Após a preparação dos documentos, é hora de enviá-los à agência responsável pelo processo de cidadania. É importante lembrar que, neste caso, os requisitos necessários dependem não apenas do Brasil, mas também dos requisitos dos países interessados.

Saiba Mais

Você que deseja tirar cidadania italiana no Brasil, é essencial ter assistência de um advogado e de um escritório que trabalhe em seu favor. Por isso nós da SCADVS estamos a sua disposição para te ajudar.